quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Polenta cremosa com mascarpone, ragu de cogumelos e mini rúcula.




A primeira vez que eu comi polenta cremosa foi no restaurante La Frontera. Depois experimentei várias outras e sempre achei a primeira a melhor. Tentei fazer a primeira vez e ficou sofrível. Não tinha gosto. Bom, faz bastante tempo. Algum tempo de cozinha depois, e com umas dicas de uma amiga que trabalhou lá, cheguei num ponto em que já considero que posso servir em um jantar ou confortar uma roda de amigos num dia mais frio.

Chame os mais chegados, abra uma boa garrafa de tinto italiano e divirta-se.


Polenta
250 g de polenta italiana
1 litro e meio de caldo caseiro (carne, frango ou legumes)
2 colheres de de manteiga gelada
100 g de queijo mascarpone
100g de queijo parmesão ralado


Ragu de cogumelos
300g de shitake fresco cortado em tiras
1 dente de alho picado
1 colher de sopa de manteiga sem sal
Ervas picadas
1 taça de um bom vinho tinto seco


Lave e escorra bem o shitake, pressionando com papel toalha. Derreta a manteiga e acrescente o alho. Deixe alguns segundos até soltar o cheiro e acrescente o stihake. Mexa bem. Ele vai absorver a manteiga, mas depois vai soltar um pouco de água. Tempere com um pouco de sal e pimenta do reino. Deixe secar um pouco e acrescente o vinho e uma concha do caldo (eu usei de carne) e as ervas bem picadas. Deixe reduzir até ficar bem pouco molho. Verifique o sal e pimenta do reino, desligue o fogo e acrescente um pouco de manteiga gelada e mexa bem.

Aqueça o caldo (o ideal é um caldo feito em casa, mas você pode usar um caldo pronto). Coloque um pouco de sal e, quando ferver, vá colocando a polenta aos poucos mexendo sempre com um fouet para não empelotar, até ficar bem cremosa. Acrescente o mascarpone, sempre mexendo. Desligue o fogo, prove e corrija o sal. Acrescente a manteiga gelada a termine de mexer até derreter completamente.

Agora é só servir a polenta com o ragu e colocar um pouco de mini rúcula (higienizada) por cima. Um fio de azeite e manja che te fa bene.

Ps: agradecendo ao grande Duda Tajes pela linda foto que ele tirou.

13 comentários:

Duda Tajes (Eduardo Tajes na Carteira de Identidade) disse...

A foto foi regiamente recompensada pela polenta. :)

Lucas Spinelo disse...

Parabéns Léo, deve ter ficado muito bom, comi vários tipos de polenta cremosa já, quatro queijos, carbonara, alfredo, mais nunca tentei fazer! Daqui uns dias me arrisco, valeu. Abraço

Leo Gonçalves disse...

Aê Tio, devagarzinho a gente vai voltando. bacio per tutta la famiglia

Claudia disse...

testei a receita no ultimo sabado.
Fantastica!! nao conhecia o detalhe do mascarpone, e ficou perfeito. So acrescentei tirinhas de filet mignon no molho de shitake. O prato utilizado na foto, s.m.j é da Costa Verde, linha saturno. Onde foi adquirido?

Pedro Botelho disse...

Passei por aqui para dar um alo e um parabens o blog continua lindo.

os caranguejos do dallas praia do futuro hoje estavam pequenos mas maravilhosos

abraços

Pedro Rui

vania disse...

Oi de novo leo

por favor nao nos deixe nunca...tenho acompanhado alguns blogs e em algum momento sem explicaçao eles somem...,e vc é um dos meus preferidos...

Leo Gonçalves disse...

Claudia, com filet fica perfeito. Ainda mais gostoso.

Pedro, meu caro, que vontade desses caranguejos aí, mesmo pequenos. Se bem que os bons mesmo são aqueles que ganharam a briga, hehehe.


Vania, estou voltando aos pouquinhos. Muitos compromissos que me impedem de cozinhar, mas acredite, é o que me faz mais feliz hoje. Então o blog vai continuar.

Leo Gonçalves disse...

Ah, Claudia, acho que o prato não é dessa linha. Comprei no Pão de Açúcar mesmo. É um prato pequeno, pra uma entrada, não é grande como aqueles de risoto.

Débora disse...

Hmmmmm mas que delícia de blog e de receita! Polenta cremosa...maravilha!!!!
Bjão
Débora
http://cheirinhodetempero.blogspot.com/

Claudia disse...

Leo,

Lindo de morrer, como sempre. Um prato vegetariano da melhor estirpe ainda que eu prefira comer angú ( no Rio de Janeiro e na minha vida polenta cremosa será sempre angú) com molho de carne!

Bj,

C.

Anônimo disse...

Olá Léo,

Levei um susto quando acessei o blog antigo, pensava que não haveria mais blog!!! Parabéns pelo trabalho! Belissimo!! Nessa receita, quais ervas aconselhas?

Abraço, Elisangela.

Leo Gonçalves disse...

Olá Elisângela, ano novo, cozinha nova. Eu uso apenas salsa picada no ragu. Mas um ramo de alecrim inteiro no começo pode dar um bom gosto ao vinho.

Cooking disse...

Aprovado e recomendo . Tudo simplesmente maravilhoso. parabens.